quarta-feira, agosto 23, 2006

Marina fala sobre a gravação de Meu Silêncio

Meu Silêncio – este é o nome do mais novo trabalho de Marina de Oliveira. O CD e DVD que foram gravados na última segunda-feira, na presença de amigos e irmãos da cantora, marcam a volta da intérprete depois de cinco anos em um "voto de silêncio". O Garden Hall, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro atingiu sua lotação máxima, comportando amigos, irmãos de Marina e cantores da MK Music.

Entre os presentes, o Rev. Guilhermino Cunha, pastor presidente da Igreja Presbiteriana, da qual Marina é membro, abriu o evento com uma oração ao lado do pai da cantora, o deputado Arolde de Oliveira.

Também compareceram ao evento, os cantores Fernanda Brum, Eyshila, Liz Lanne, Cassiane, integrantes da Comunidade Internacional da Zona Sul, Marco Aurélio, Ministério Unção Ágape, Pamela, Kleber Lucas, a dupla Rayssa e Ravel, Bispo Tom, da Comunidade Vida Cristã; os integrantes do Ministério Sarando a Terra Ferida , Lili e Dedé, dos Arrebatados; Alda Célia, Andrea Fontes, Bruna Karla, a dupla Alex e Alex, Marcos Góes, Aline Barros e Léa Mendonça. A pra. Ludmila Ferber, a cantora Rose Nascimento e o cantor João Marcos, todos com seus familiares que também prestigiaram a cantora.

Marina subiu ao palco trazendo 20 canções, entre as quais 16 são composições suas. Entrevistada, contou como se sentiu nesse momento especial de sua vida e ministério. “Eu me sinto como uma vida, um canal, um vaso bem usado por Deus. O fato do 'céu ter se aberto' e o Senhor ter estabelecido um novo tempo na minha vida não dependeu de mim, foi tudo um resultado da misericórdia de dEle”, conta.

A cantora disse ainda como se sentiu durante a gravação. “Logo que começou eu senti uma expectativa muito grande, como se algo que pudesse mudar o mundo. No entanto, só o que pode mudar o mundo é a glória de Deus manifesta em nossas vidas. Creio, então, que se algo que pode mudar o mundo aconteceu aqui, foi a salvação em Cristo Jesus”.

Feliz por presenciar mais uma vitória de Marina, Luiza de Oliveira Gerk, sua filha, comentou sua expectativa antes do show. 'Eu a incentivei muito, e fico feliz, pois sei que ela está fazendo o que gosta. É como se fosse um sonho, estou aqui surpreendida pelo resultado e também muito tranqüila, pois sei que ela vai tirar de letra'.

Muito mais que um divisor de águas na carreira, este DVD é um grande passo no ministério desta adoradora. Marina também revelou o que espera de Meu Silêncio. “Que todos possam receber o que veio do céu como um cometa, a misericórdia de Deus. Espero que todos tenham sido impactados por este sobrenatural. Este é o desejo que vem do mais profundo do meu coração”.

Fonte: Grupo MK de Comunicação