segunda-feira, maio 29, 2006

MK & seus 20 anos


No ano de 2007, exatamente no mês de abril, o Grupo MK de Comunicação terá muitos motivos para festejar já que o mês marcará os 20 anos da empresa. Apesar de ser hoje multimídia, em 1987 ela deu um de seus primeiros passos, como gravadora, lançando seu primeiro produto: o LP Imenso Amor, o primeiro da cantora Marina de Oliveira.



A história de Marina tem junção com a da MK. Ambas cresceram juntas, deixando marcas na música evangélica nacional. Conhecida por seu profissionalismo, a então MK Music (antiga MK Publicitá) tem em seu Cast cerca de 40 grandes nomes. Quem nunca ouviu falar em Cassiane, Fernanda Brum, Kleber Lucas e na própria Marina de Oliveira?


Em duas décadas, vôos mais altos se tornaram esta empresa em um grupo de comunicação necessários, pois passou a veicular sua mensagem através de canais on-line, eletrônico, impresso e literário. Porem, nada disso veio de graça. Segundo a presidente do Grupo MK de Comunicação, Yvelise de Oliveira, no princípio houve uma espécie de "estranhamento".

Tendo investido em qualidade e tendências arrojadas para a época, Yvelise, com sua peculiar polivalência, sugeria novos visuais a seus cantores e performances bem elaboradas. “Eles não ficaram chocados, e sim apavorados, sobretudo quando fizemos o musical Nascer e Viver com a Marina, ano de 1992. Foi o primeiro grande impacto do meio, com coreografias, danças e pessoas maquiadas e arrumadas”, afirma Yvelise. O caráter empreendedor da família Oliveira veio, na verdade, antes da própria MK.



Na década de 80, com a conversão da família ao envagelho de Jesus Cristo, houve a necessidade de buscar meios para o início deste grande sonho no meio gospel nacional. Com a certeza de que a idéia seria um sucesso, Yvelise de Oliveira, apoiada por Arolde de Oliveira, seu marido e Deputado Federal, decidiu repudiar sua confecção de moda praia, que chegou a ter lojas por todo o país e com pedidos no exterior.

“Eu estava exausta, lidar com muitas costureiras era muito complicado e vendi tudo! Foi ai então, que eu obtive recursos para comprarmos um dia a Rádio 93 FM, que entrou no ar em 1992. Quando o Arolde decidiu compra-lá, peguei a equipe que sempre trabalhou comigo e começamos a construir o que hoje é o Grupo MK de Comunicação”, relembra a presidente da MK. Dentre estes funcionários, estava Cristina Xisto, que é o braço-direito de Dona Yvelise, que hoje é a vice-presidente da empresa.

Em breve você poderá conferir aqui e em todos os portais de comunicação do Grupo MK, as atividades de comemorações que estão prevista ao logo deste ano.

Fonte: www.elnet.com.br
Texto de: Tiago Monteiro
Versão de: Diego Rodrigues